Diretrizes para Gerenciamento e cooperação

As orientações para Gestão e Cooperação são parte integrante da nossa cultura corporativa. Assim sendo, estão incorporadas nos princípios da HELM e servem como base para nossa atuação e tomada de decisões em todos os níveis.

Estas orientações resultam do trabalho conjunto entre nossos gestores e nossos colaboradores de diferentes áreas, e foram compiladas seguindo a consciência de que a HELM só terá êxito duradouro, se for administrada de forma competente e coerente, se cumprir suas obrigações com clientes e fornecedores de forma convicente, além de envolver os funcionários nos processos de decisão, dentro de sua área de responsabilidade.

Para tanto, praticamos uma cultura de gestão e cooperação que envolve todos os colaboradores, permitindo que estes, com criatividade e autoconfiança, tragam seus conhecimentos e habilidades ao tempo em que se comprometem com o resultado e sucesso de nossa empresa.

Como o maior provedor de formação profissional no setor de comércio exterior em Hamburgo, e através de formação qualificada em todos os cursos que oferecemos, buscamos recrutar os melhores talentos juniores para nossa empresa. Uma vez contratado, oferecemos condições de carreira, em uma base de longo prazo, garantindo, desta forma, nossa força inovadora, nossa competitividade e forte desempenho.

Estas orientações para “Gestão e Cooperação” são seguidas, obrigatoriamente, por todos os colaboradores do Grupo HELM. Para que isto seja possível, é necessária a utilização cotidiana de “feedbacks” e discussões contrutivas.

1. Respeitamos e consideramos a personalidade de cada membro da equipe

Respeito e consideração um pelo outro são pré-requisitos essenciais para a confiança e cooperação construtiva.

Isto só é possível através de:

  • Honestidade, transparência, justiça e tolerância;
  • Sensibilidade e comportamento discreto;
  • Evitar arrogância e pretensão;
  • Vontade e capacidade de ouvir;
  • Respeito ao trabalho de outra pessoa;
  • Justiça e tratamento construtivo entre todos, especialmente em situações de conflito.

2. Nossa performance é voltada ao bem comum

Nós compartilhamos a responsabilidade pelo sucesso da Empresa e pelo bem de todos nossos colaboradores.

Ou seja:

  • Estamos comprometidos com os objetivos de negócios;
  • Nosso trabalho é desenvolvido de acordo com os princípios de mais alta qualidade;
  • Pensamos e agimos em equipe e, juntos, contribuímos com o sucesso da Empresa;
  • Mantemos nossos compromissos e acordos e, desta forma, somos confiáveis e previsíveis;
  • Resolvemos os problemas de forma rápida, direta e honesta, além de contribuirmos para encontrar uma solução construtiva;
  • Colocamos o interesse corporativo antes do interesse de unidades de negócios individuais.

3. Nossos gestores são conscientes da responsabilidade especial que possuem para com os funcionários e com a empresa

Gerencia bem sucedida requer confiança mutua. Confiança requer um comportamento exemplar e modelo.

Ou seja:

  • Buscamos aumentar a motivação de nossos colaboradores através de um comportamento exemplar e positivo;
  • O bom desempenho é elogiado e o trabalho insatisfatório é combatido através de critica construtiva, e visto como oportunidade de aprendizagem;
  • A tomada de decisão é imediata;
  • Anualmente fazemos uma avaliação de desempenho, momento em que orientamos nossos colaboradores.

4. Estamos comprometidos com os princípios da gestão cooperativa

Ou seja:

  • As atribuições de cada colaborador são bem definidas, claras e completas, assim como seus objetivos;
  • Dentro de sua área de responsabilidade, nossos colaboradores são envolvidos nos processos de tomada de decisão;
  • Delegamos autonomia de decisão aos colaboradores responsáveis, dentro de seus postos de trabalho.
  • Incentivamos a troca de conselhos e apoio entre equipes;
  • Nossos colaboradores são estimulados a exercer o autocontrole. Entretanto, seus superiores são igualmente obrigados a manter o controle. 

5. Consideramos a informação necessária e abrangente como condição previa para a cooperação construtiva

Ou seja:

  • Todos são obrigados a fornecer e obter informações da mesma forma;
  • Para uma correta troca de informações, precisamos de prontidão para discussões, além de comunicação regular com horários fixos;
  • Devemos projetar o conteúdo, extensão e frequência das informações de forma orientada ao responsável e público alvo.

6. Observamos nosso desempenho e comportamento de forma autocrítica

Dialogos regulares e mutuo “feedback” ajudam a nos autoavaliar de forma realista, assim como facilitam nosso desenvolvimento pessoal.

Neste processo permamente é importante para nós:

  • Discutir nossos pontos fortes e fracos;
  • Questionar nosso próprio desempenho e padrões de comportamento e estar preparado para ajustá-los quando se fizer necessário;
  • Conduzir estes diálogo de forma justa, e fazer com que se tornem uma oportunidade de aprendizado para ambas as partes;
  • Caso seja necessário, facilitar acordos mútuos visando melhorias.

7. Usamos a formação e a educação como preparação para nossas necessidades futuras, assim como para desenvolver ainda mais a qualificação profissional e pessoal de nossa equipe

Cada um é responsável por sua própria qualificação. A empresa apoia os funcionários através de medidas de educação mais apropriadas.

A empresa:

  • Garante que os funcionários designados a postos gerenciais estão preparados para este novo desafio, através de processos de formação adequados.
  • Auxilia os funcionários em seu desenvolvimento profissional, de acordo com sua competência e motivação.